Sexta, 30 de Outubro de 2020
83996891484
Cidades Moradia

Ministro do Desenvolvimento Regional visita Patos hoje, quinta-feira para anúncio de obras

Anos de luta e agora com o empenho de todos os entes envolvidos Patos e Região verá de fato a obra iniciada”, completou ele.

15/10/2020 06h03 Atualizada há 2 semanas
309
Por: Redação Fonte: Redação, com Ascom
Ministro do Desenvolvimento Regional visita Patos hoje, quinta-feira para anúncio de obras

Nesta quinta-feira (15), o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, faz visita oficial a Patos, no interior da Paraíba, onde na companhia do deputado Hugo Motta (Republicanos) fará o anúncio de obras para cidade.

 

A chegada do chefe de estado está marcada para as 10h. Conforme a agenda oficial do governo, Rogério Marinho fará, na PB-228, no bairro Ana Leite, o anúncio da obra da Barragem do Espinho Branco, bem a continuação das obras dos 856 apartamentos dos Conjuntos São Judas Tadeu I e II.

 

Na oportunidade, o ministro ainda falará sobre as obras do Aeroporto Brigadeiro Firmino Ayres cujas obras tem parceria dos governos Federal, Estadual e Municipal.

 

Esta é a primeira vez que o ministro norte riograndense visita o Sertão da Paraíba.

 

A visita será acompanhada pelo deputado Federal Hugo Motta que destacou seu empenho em conseguir estas importantes obras para Patos através de ´projetos enviados pelos governos Municipal e Estadual. “Tenho certeza que Patos estará dando mais um salto para o seu desenvolvimento em infraestrutura e habitação. Fico feliz em poder ter contribuído para que estes sonhos saiam do papel”, disse ele.

 

Hugo ainda ressaltou que há anos vem lutando para que a barragem do Espinho Branco seja uma obra real e agora conseguiu incluir no Orçamento da União os recursos.

 

“Outro sonho que está partindo para realidade é a obra do Aeroporto. Anos de luta e agora com o empenho de todos os entes envolvidos Patos e Região verá de fato a obra iniciada”, completou ele.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias