Segunda, 19 de Outubro de 2020
83996891484
Justiça Ações judiciais

Justiça determina retirada de enquete e divulgação de pesquisa sem registro das redes sociais

“As ações foram impetradas devido a práticas ilegais para este período

08/10/2020 10h22 Atualizada há 2 semanas
395
Por: Redação Fonte: Assessoria
Justiça determina retirada de enquete e divulgação de pesquisa sem registro das redes sociais

A assessoria jurídica da Coligação Pra Devolver Patos ao Seu Povo, encabeçada pelo Juiz Ramonilson Alves, conseguiu duas vitórias em investidas na justiça eleitoral de Patos, na 28º zona eleitoral. De acordo com o advogado Phillipe Palmeira, dois pedidos impetrados foram atendidos. 

 

O primeiro trata-se da retirada de uma enquete na rede social Facebook, colocada pelo jornalista Márcio Costa. De acordo com a assessoria jurídica, esse tipo de atividade é proibida pela justiça eleitoral, sob pena de multa, caso não seja obedecida a determinação judicial. 

 

Já a segunda trata-se de divulgação de números de pesquisas, sem o devido registro feito junto a Zona Eleitoral competente. Desta contra a secretária de Assistência Social Mila Nóbrega, ela foi notificada para retirar uma postagem feita em grupos de WhatsApp, onde apresentava números colhidos em pesquisa. 

 

“As ações foram impetradas devido a práticas ilegais para este período. Vamos conduzir nossa campanha de forma séria e legal, porém não podemos admitir que prejudiquem o processo, com práticas vedadas neste período”, argumentou o assessor jurídico.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias