Domingo, 25 de Outubro de 2020
83996891484
Política patos 2020

Em Patos, partidos se confundem e registram candidatos como ‘astrônomos’, ao invés de ‘autônomos’

A confusão é que os partidos, que sempre contratam alguém para registrar os seus candidatos junto ao tribunais eleitorais...

27/09/2020 10h31
255
Por: Redação Fonte: Jornal da Paraíba
Em Patos, partidos se confundem e registram candidatos como ‘astrônomos’, ao invés de ‘autônomos’

A política é algo muito dinâmico, principalmente se levarmos em consideração a quantidade de partidos e de profissões representadas nas disputas eleitorais. Mas, essa variedade está apresentando uma curiosidade em Patos, no interior da Paraíba, onde oito candidatos a vereador foram registrados no sistema do TSE como astrônomos.

 

Exatamente, astrônomos. Os profissionais que trabalham observando os fenômenos que envolvem o sistema solar, os planetas e astros do céu. A profissão, que também é exercida de forma amadora, tem curso superior oferecido pela Universidade Federal de Sergipe, no Nordeste, por exemplo.

 

A confusão é que os partidos, que sempre contratam alguém para registrar os seus candidatos junto ao tribunais eleitorais, provavelmente queriam colocar estes postulantes às cadeiras da Casa Juvenal Lúcio de Sousa como profissionais autônomos. O problema é que a nomenclatura não existe no sistema do TSE, atribuindo o termo ‘Outros’, caso algum candidato queira se declarar como autônomo.

 

Os candidatos são Irmão Manancial, Dhi Oliveira, Gênia Diniz, Zé Pindola, Netinho Nóbrega e Martins da Pipoca (Patriota), além de Pastora Almira e Nêga Fofa, do Solidariedade. Vale ressaltar, que a maioria dos postulantes apresentou certidões que mostram nível de instrução que varia do ensino fundamental ao médio. Apenas a Pastora Almira tem nível superior.

 

Procurado pelo JORNAL DA PARAÍBA, o presidente do Patriota em Patos, Ramonilson Alves, confirmou que se trata de um erro material, ocorrido no momento do cadastro, que estes candidatos realmente são profissionais autônomos e não astrônomos, como registrado. Segundo ele, esta falha será corrigida junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

 

O presidente do Solidariedade em Patos, Gustavo Ramos, disse que no momento não poderia atender a reportagem, no momento em que foi contatado, mas que retornaria as mensagens via aplicativo de mensagens. Os partidos precisam registrar as candidaturas até este sábado (26). No domingo (27), de acordo com o calendário das Eleições 2020, os candidatos já podem começar as suas campanhas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias