Terça, 12 de dezembro de 201712/12/2017
83991684562
Muito nublado
25º
36º
36º
Sousa - PB
Erro ao processar!
POLÍTICA
Polícia Federal aponta irregularidades em delações da Odebrecht
Agora, caberá à PGR tomar decisões sobre possíveis denúncias contra os implicados
Esdras Leal Trajano Sousa - PB
Postada em 31/07/2017 ás 11h14 - atualizada em 31/07/2017 ás 17h43
212 acessos
Polícia Federal aponta irregularidades em delações da Odebrecht

Polícia Federal aponta irregularidades em delações da Odebrecht

As delações da Odebrecht voltam a ser motivo de discórdia entre a Polícia Federal (PF) e a Procuradoria-Geral da República (PGR). Ambas têm divergido, desde o início da operação Lava Jato, em relação ao formato dos depoimentos.



Desta vez, a PF alega, em relatórios parciais públicos e internos, a existência de falhas que comprometem as informações repassadas ao Ministério Público Federal (MPF).



Entre elas, a instituição cita o número exagerado de delatores e a mudança das versões apresentadas por eles.



Além disso, os investigadores alegam que não tiveram acesso, até hoje, aos sistemas que embasaram as planilhas de repasses de dinheiro, caixa dois ou propina, a parlamentares.



De acordo com informações da Folha de S. Paulo, as delações da empreiteira envolvem oito ministros, 39 deputados e 24 senadores.



Ainda segundo os policiais federais, também foi constatada a ausência de documentos que comprovem as narrativas dos colaboradores e a prescrição de alguns supostos crimes.



Agora, caberá à PGR tomar decisões sobre possíveis denúncias contra os implicados.


 



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

FONTE: Da Redação
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium